03/04/10

O meu relógio aponta: 4h00 da madrugada e se me perguntarem, neste preciso momento quantas voltas já dei na cama num espaço de três horas, muito verdadeiramente, não sei. Nem mais, nem menos. Ainda assim, desconheço, o sentido tão falado como forma de pegar no sono, consistindo em fixar-me numa pessoa, imaginar-me bem, num cenário que dá gosto ver. Com toda a minha irónica admiração comigo não resulta e sem margem de dúvida foi uma tentativa muito bem falhada, tecnicamente testando. Muito ardor.
Tenho a vista a arder, o corpo adormecido, e a cabeça noutro lugar. Não se sente.
Passado mais de cinquenta vezes, de ter visto e revisto o teu facebook a pente fino, um clic aqui mais outro ali, deu-me uma vontade enorme de te poder dizer o que nunca te disse.. vendo bem ainda é muito. No entanto, deixarei para um dia mais tarde, se ainda for tempo de acordar a horas, de adormecer na conversa contigo, de perder o pegajoso orgulho.
Vou-me enrolar de novo nos lençóis, até que o sono se designe a chegar:''mas, não te demores, que se faz tarde''.

20 comentários:

  1. que seria das nossas noites se por alguém não conseguissemos adormecer. lindo!

    ResponderEliminar
  2. sei bem como são essas ''insónias''...

    ResponderEliminar
  3. oh, de nada, maravilhosos posts merecem bons comentários :D

    "No entanto, deixarei para um dia mais tarde, se ainda for tempo de acordar a horas, de adormecer na conversa contigo, de perder o pegajoso orgulho." Não te esqueças que o tempo corre sem deixar espaço ou margem para dúvidas, não te esqueças de que a vida é uma passagem e se tens algo para fazer, algo pelo qual lutar não adies, sejam que horas da madrugada forem, faz, não os planos apenas mas a acção completa. Age para além de reagires.

    ResponderEliminar
  4. «deu-me uma vontade enorme de te poder dizer o que nunca te disse.»
    O que lindo *.*

    E tens muita razão no que me disseste, obrigada :')
    Posso-te seguir?

    ResponderEliminar
  5. Não é da minha autoria, mas sim é lindo.
    Adoro a tua musica *.*
    "não te demores, que se faz tarde", mesmo!

    ResponderEliminar
  6. também tenho imensas noites assim :\

    ResponderEliminar
  7. É uma grande verdade, essa! E a musica é tão linda *.* "Don't let me go"

    ResponderEliminar
  8. Não lhe guardo algum tipo de rancor ou odio, não. Eu sei que ele sempre foi assim, mas era assim mesmo que eu o amava. Guardo tudo numa caixinha, na caixinha das memórias. E não separo as boas das más. Porque tudo fez parte. Tanto as coisas boas, como as más, fizeram parte deste grande amor que vivi e senti.

    ResponderEliminar
  9. quando se ama de verdade os gestos nunca se gastam, por muito simples que sejam :)

    ResponderEliminar
  10. espero que isso seja bom querida :)
    quando te aconchegares nesses brancos lençois sonharás realmente com quem o coração quer que vás atrás :)
    um beijo

    ResponderEliminar
  11. Eu sei que errei muito por ele, fazia tudo por ele e mesmo assim ele não queria saber. Fui chamada de burra sei lá quantas vezes, mas eu não queria saber. Amava-o demasiado para desistir assim. Mas ele foi matando, a pouco e pouco, o grande amor que sentia por ele. Agora pode voltar, pode fazer o que ele quiser, não vou errar mais por ele, não vou!

    ResponderEliminar
  12. Eu fazia tudo em função dele, chegou a altura de pensar mais em mim. Também mereço. E tu faz o mesmo (;

    ResponderEliminar
  13. Se já passou, é o que interessa :D

    ResponderEliminar
  14. O amor tem destas coisas.(:

    ResponderEliminar
  15. Por um lado também acho mau,não é nada bom o que sentimos nestes momentos,parece que nos corta a respiração,é algo que nos mata devagarinho.Mas por vezes também são estes momentos que nos fazem ver se vale ou não a pena.Custa é saber distinguir se estamos a pensar com a cabeça ou com o coração.:/

    ResponderEliminar
  16. O coração escolhe sempre quem mais magoa e quer dar sempre outra oportunidade a essa pessoa,independentemente das vezes que já saímos magoadas.Mas por vezes chega a altura em que temos de saber dizer não.Mas mais difícil do que dizer,é sentir.
    Mas vai passar,vais ver.Força!

    ResponderEliminar
  17. Só quando for mesmo sentido é que encontras a força suficiente para ultrapassar toda a dor,todo o sofrimento,todas as lágrimas,todas as horas sem dormir,todos aqueles momentos em que vais querer desaparecer.Vai existir um turbilhão de sentimentos no coração e é aí que o não que disseste(ou que queres dizer!) vai revelar.se.Existe o momento certo para tudo.:)

    ResponderEliminar
  18. Isso é bem verdade,é essencial! :*

    ResponderEliminar