03/08/10

Acredito naquilo que vejo, oiço e toco. E tu também finges que estás feliz quando não estás, também mentes quando não te convém, também falhas no que dizes, também sabes que o que sentimos nem sempre é duradouro e acaba, também me deixas a pensar em ti e sabes fazê-lo melhor que ninguém. Desorientas-me. E o amor nunca vem uma vez só. Vem sempre em demasia.

9 comentários:

  1. a amizade é tão, tão importante *

    ResponderEliminar
  2. é mesmo querida :')

    ResponderEliminar
  3. Adorei*
    1 selinho para ti no meu blog*

    ResponderEliminar
  4. E damo-nos sempre demais*

    ResponderEliminar
  5. Não dês só; tenta receber também. *

    ResponderEliminar
  6. e tu ofereces sp amor em demasia, nué só este filho da mãe q te ataca demasiado

    ResponderEliminar
  7. "Desorientas-me. E o amor nunca vem uma vez só. Vem sempre em demasia." é verdadeiramente isto.

    ResponderEliminar