05/05/10

Hoje não me apetece escrever segundo as minhas palavras. Por isso fico-me pelas tuas que me consolam e me dão sempre em todas as horas do dia, a somar desde de madrugada, manhã, tarde, fim do dia, noite, enfim... um enorme aconchego.
Cá vai disto,
5deMaio, mensagem enviada pela pessoa mais persistente que conheço:
''Eu bem sei o que sinto quando penso em ti, os calafrios, os arrepios, os tremores, o medo que tenho de te perder, o que eu sou quando estamos mal (não sou nada), a vontade que tenho de estar contigo, as saudades, não pode ser outra coisa sem ser amor.''
Day 08, a song that you can dance to


16 comentários:

  1. e que belo o que ele te disse. (olhinhos a briiilhaar)

    ResponderEliminar
  2. foi lindo o que te disse :)

    ResponderEliminar
  3. que lindo *-*
    é óptimo receber mensagens assim tão bonitas como essa :)

    ResponderEliminar
  4. dizem que sim, o que por vezes não é bom de todo :p
    que mensagem mais bonita(a)

    a música de hoje é lindaaa :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. Ele também escreve, também se sabe pernunciar.
    É óbvio que se tem de mudar, se nao formos nós mesmas a dar o primeiro passo, não vai ser mais ninguém por nós. :)

    Beautiful, como sempre Sarinha (L)

    ResponderEliminar
  6. és tu a pessoa mais persistente? pelo custo das palavras diria q sim..

    ResponderEliminar
  7. vou assumir q sim. de qql forma, optima mensagem. q arrepio
    com q ent os mesmos gostos? q estranho. diferencio-me sp ahah

    ResponderEliminar
  8. andaste a espiar-me? confessa:p
    aaaah, q néctar divino! no verão n há nd melhor q somado a um cigarro

    ResponderEliminar
  9. do mal o menos! mal de nós senão fossem estas surpresas

    ResponderEliminar
  10. É VERIDICO! ahahaha, onde éq isto já se viu?:p

    ResponderEliminar
  11. todos os miudinhos se vão lembrar de arroz nué? n há pachorra:p

    ResponderEliminar
  12. eu imagino- carlota. aaah, q sonho!

    ResponderEliminar
  13. mudar de identidade? ahah q feioooo:p
    dá um beijo à tua mãe por mim, a sério*

    ResponderEliminar