18/06/10

Fala-me um pouco mais, Era tão bom ficar, O mal é que eu já não sei quem eu sou, Eu não sei se eu sou capaz
De me ouvir.
Fala-me um pouco mais, Era tão bom subir, E dar o que eu nunca dei a ninguém.
Sei que é bom teu travo a tudo, O que é mortal. Já agora,
Mata-me outra vez.
Era tão bom direi,
Mata-me outra vez.
Tudo tem um fim, E aqui não há, Ninguém que possa ter o mundo,
Para dar.
Se um dia voltar, Vai ser só mais uma forma, De me ausentar, Daquilo em que eu não,
Quero pensar.
Já tudo teve um fim, Já que eu, Estou por cá, Eu digo como é fácil, Para mim se já não dá.
Páro de andar,
Páro p'ra te ouvir.
Páro para ver se é bom p'ra mim.
Para quem tem o mesmo mal de, Não saber amar. Falo que, Pensar em mim, É cura e faz-me acordar.
Ou dormir.
Ornatos Violeta, Mata-me Outra vez.
(m)

1 comentário:

  1. Anónimo18.6.10

    Ornatos sao ornatos e nao ha palavras :$

    ResponderEliminar