22/06/10

Destabeliza-me completamente saber que andas desta maneira. Sabes, não sou assim tão insensível como aparento. Tento ser, mas torna-se complicado quando insistes em retomar tudo e não acreditar que mais, é impossível. Ponho carruagens sempre à minha frente e nem assim é tudo capaz de se contentar. É das piores sensações não se ser correspondido, principalmente quando não vimos mais nada à frente e neste momento não sou a melhor pessoa do mundo para falar nisto porque estou desamparada. É um limite de carga emocional sufocante. Parece banal de fora, mas quem vive de perto ? Assusta.
E tu disseste: ''A tua capacidade para me deixar é fascinante.''
E sabes o que é que eu te digo ? Não é. Mas, é preciso fazê-lo, sempre que existe duas escolhas, quando se quer manter alguém em vez de se perder o que se tem.

3 comentários:

  1. Selinho para ti no meu blog.*

    ResponderEliminar
  2. Às vezes também temos de saber dizer que não, quando é preciso :$

    ResponderEliminar